Templates by BIGtheme NET
Últimas Notícias


Home » AÇÕES » PALAVRA DO PRESIDENTE

PALAVRA DO PRESIDENTE

CONJUNTURA, UMA ATUALIZAÇÃO DA ESTRUTURA

Como atualização da estrutura, a conjuntura apresenta sempre algo novo, diferente. Isto porque a correlação de forças e interesses no tabuleiro político varia. Quando a política de alianças sofre uma mudança, a sociedade experimenta uma sensação de turbulência, de insegurança ou crise. As conjunturas são determinadas, em primeira instância, pelas alianças políticas em jogo. No regime presidencialista a mudança, a variação dessas alianças tem um impacto imediato sobre as instituições políticas, que não gozam de nenhum sistema amortecedor ou para-choques, como no regime parlamentarista.

Nessas eleições de 02 de outubro temos que ter claro nós trabalhadores qual o “DNA” de cada político em nossa cidade, saber qual tem lado realmente com o Trabalhador, pois aquele que tem esse lado tem o lado do humano, do bem estar social, do emprego, da renda, da acessibilidade, da saúde, da educação, do planejamento, do urbano, do investimento e tantos outros que nossa cidade rica aparentemente e carente totalmente necessita.

Fico preocupado quando no congresso e o velho novo governo Temer, começa sua conjuntura já tabulando o Aumento dos Impostos, Mudança da Idade Mínima da Aposentadoria, Corte de Subsídios e “Bolsa Empresário”, Programas Sociais, Sem Investimentos na Saúde, fim do 13° salário, Férias, auxílio doença e até FGTS; projeto de lei 4330/2004, que amplia a terceirização, projeto de lei 4193/2012 para permitir que convenções e acordos coletivos de trabalho, fim da política de elevação do salário mínimo, aprovação de lei que retira ”condições degradantes” e ”jornada exaustiva” dos elementos que configuram o crime.

O interessante é que esse lado ninguém quer assumir em nossa cidade é pesado! Não é popular, mas se cada candidato a prefeito tem seu partido é porque pensa não comum, mas igual ao conjunto deles, vamos, por exemplo, no quadro ilustrativo abaixo veja quem é a favor e contra:

padilha-2016

 Realmente não está nada fácil para o conjunto dos trabalhadores o primeiro é o que amplia a terceirização e legaliza a contratação de prestadoras de serviços para executarem atividades para as quais outras empresas foram constituídas (atividades-fim) e não apenas serviços secundários como são hoje. O outro permite que convenções e acordos coletivos de trabalho negociados entre patrões e empregados prevaleçam sobre a legislação trabalhista, mesmo que isso signifique perdas aos trabalhadores.

Nesse momento de grave crise econômica, e dizem que a legislação trabalhista tem sido apontada como ”culpada” pela situação. Ou, pelo menos, como um entrave à saída rápida dela quando, na verdade, tem funcionado como um colchão de amortecimento, e isso é na visão deles para garantir que a pancada no trabalhador seja menos pior.

 

Por isso minha gente vamos nos organizar cada vez mais, procure seu sindicato fique por dentro do que está acontecendo, se organize para que não tenhas prejuízo maior do que já tem, e nessas eleições veja aquele quadro acima e identifique quem é quem; Ajude na CONUJUNTURA da cidade.

 

Edson David Coelho – Presidente SVP

Sobre vmedeiros

Deixe um Comentario

Seu endereo de E-mail nao ser publicado. Required fields are marked *

*

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful